Banca de revistas digital

A Condé Nast, uma das maiores editoras de revistas dos Estados Unidos, anunciou hoje que a The New Yorker, uma das publicações jornalísticas mais respeitadas do mundo, passará a ter assinatura via iPad.

O valor da inscrição é de US$5,99/mês (4 edições) ou US$59,99/ano, com acesso liberado também para a versão Web da revista. A Condé Nast anunciou também que no final de maio estarão disponíveis as assinaturas de mais sete revistas através da App Store, entre elas a Wired e a Vanity Fair. Os valores dessas últimas serão de US$1.99 por mês ou US$19.99 por ano.

Ao lançar o sistema de assinaturas através de sua loja de aplicativos, no início do ano, a Apple passou por algumas discussões com as editoras, insatisfeitas com os termos propostos. Ela ainda tem que lidar com a concorrência do sistema de inscrições do Google (discuto os dois assuntos aqui). Apenas recentemente as empresas e a Apple entraram em acordo, embora não tenham sido divulgados mais detalhes.

Com a entrada de mais players no setor da distribuição de revistas digitais, o iPad se transforma ainda mais em banca de revistas virtual. Assim, ele compete de forma mais incisiva contra o Nook Color, e-reader da livraria norte-americana Barnes & Noble, que possui como um dos principais diferenciais a gama de revistas disponível.

A Condé Nast se junta à Hearst e à Time Inc., que também investiram nas assinaturas através do iPad. A The New Yorker, a Wired e a Vanity Fair já estavam disponíveis para o tablet, mas o que melhora com o sistema é a facilidade e o preço. Para quem mora no Brasil, por exemplo, ter acesso a revistas estrangeiras com simplicidade e a um valor bem acessível é maravilhoso. No caso da Wired, o custo de uma edição em banca aqui gira em torno dos R$ 30,00, enquanto pode ser adquirida por menos de R$ 8,00 através do aplicativo, e, com o novo sistema de assinaturas, por menos de R$ 4,00. Considerando o custo da maioria das revistas comuns no Brasil (em torno de R$ 10,00), é um valor extremamente agradável.

Ainda existem detalhes a serem resolvidos. O download de publicações é demorado, e, por exemplo, o aplicativo da National Geographic para iPad não está aberto para App Store brasileira, mas a assinatura pelo PC está disponível para o País. Mesmo assim, o cenário das publicações digitais se torna mais otimista do que nunca.

P.S.: Na Faculdade de Comunicação Social da PUCRS, os estudantes da disciplina de Jornalismo Online 2 desenvolveram uma publicação para iPad, com textos e vídeos sobre o futuro das linguagens multimídia. Ela está disponível tanto para iPad quanto em PDF aqui.

Anúncios

Uma resposta para “Banca de revistas digital

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: